Uma profissão que eu poderia ter seguido é a de padeira. Adoro amassar, acompanhar o crescimento do pão e depois sentir aquele aroma que invade a cozinha e toma conta da casa. E tem coisa melhor que pão quentinho coberto com manteiga que derrete pelas bordas? Essa receita é fácil  e tenho certeza que você vai virar fã.


Pão de milho com iogurte


1 colher (sopa) de fermento biológico seco
2 colheres (sopa) de água
1 pote de iogurte integral
1 ovo
2 colheres (sopa) de banha
1 colher (sopa) de manteiga em temperatura ambiente
2 colheres (sopa) de açúcar
1 colher (chá) de sal
4 xícaras de farinha de trigo
1 xícara de farinha de milho fina
1 gema para pincelar

Como fazer

1. Em uma vasilha, misture o fermento, a água e ½ xícara de farinha de trigo.
2. Cubra com um plástico e deixe crescer por 30min.
3. Junte o iogurte, o ovo, o açúcar, a banha e a manteiga.
4. Adicione a farinha de milho e o sal e misture.
5. Vá juntando, aos poucos, a farinha de trigo e sove até que a massa solte das mãos.
6. Coloque em uma vasilha, cubra com plástico e deixe crescer novamente até dobrar de volume.
7. Sove novamente e coloque em forma antiaderente.
8. Deixe crescer novamente até dobrar de volume.
9. Pincele com uma gema.
10. Leve ao forno preaquecido, a 200 graus, por cerca de 40min.

Dica de Bete




* Se quiser, substitua a banha por ½ xícara de óleo.


* O iogurte pode ser substituído por 1 xícara de leite, mas o iogurte ajuda a deixar o pão mais fofinho.
Sem saber o que fazer durante o Carnaval? Que tal aproveitar o feriado e curtir uma folia diferente no Vale dos Vinhedos? A vindima em Bento Gonçalves está a todo vapor e oferece uma programação imperdível para quem gosta do clima de piquenique 




A vinícola Larentis recebe os visitantes durante a colheita



Com agendamento antecipado, é possível reunir os amigos ou a família e participar de um piquenique em meio ao parreiral. Toalha e almofadas fazem parte do kit entregue aos visitantes



No cardápio, espumante da vinícola, tábua de frios, pães coloniais e geleias



As reservas podem ser feitas pelo fone: 54 3453-6469

Wine Garden



A sombra das árvores e o jardim  da vinícola Miolo são o lugar perfeito para quem aprecia gastronomia e boa bebida.



O wine bar móvel oferece um piquenique com alimentação e bebidas que o visitante pode degustar sobre tapetes e almofadas



As opções do cardápio certamente vão agradar. Os grissinis podem ser um bom começo



As empanadas, bem temperadas, combinam perfeitamente com um espumante brut



As bruschettas de tomates frescos e manjericão são tentadoras



O espumante rosê harmoniza com os queijos, frutas secas e as geleias 



As pizzas de aliche para os fortes


A de calabresa também é muito saborosa 



Para encerrar, cupcakes de chocolate, que um toque de doçura nunca é demais



O Wine Garden só funciona nos finais de semana e feriados. Em dias de temperaturas altas é melhor optar pelo happy hour para aproveitar o espaço ao ar livre






  
Monã, o deus supremo dos índios tupi-guarani – criador do mundo, do céu, da terra e dos seres vivos – dá nome a uma área de 132 hectares que abriga o Centro de Estudos Ambientais, no interior de Canela. Daniel Castelli, especialista em Agricultura Biodinâmica é o responsável pelo projeto e o anfitrião.



O objetivo do Monã, sede de convívio do movimento Slow Food Serra Gaúcha, é promover vivências gastronômicas em harmonia com a natureza, por intermédio da cultura e das artes. 




Ali, o visitante vai encontrar áreas de preservação, pastagens, hortas e pomares ecológicos, açude e pastagens.



Dispostas em forma de um pentágono estão a hospedaria, que oferece alojamento para até 25 pessoas, com fogão a lenha e a gás para que os hóspedes preparem a própria refeição. Mas, combinando com Daniel, ele pode providenciar café da manhã e um churrasco de cordeiro.



O prédio que vai abrigar o restaurante, que entra em funcionamento em breve



O galinheiro



O abrigo das ovelhas



A marcenaria, onde Daniel trabalha lindas tábuas de madeira. 







Um verdadeiro sonho de consumo



Em formatos diversos



O Monã tem um astral místico, perfeito para quem está em busca de contato com a natureza, tranquilidade e paz interior.


 Serviço


Monã Centro de Estudos Ambientais
Rodovia Arnaldo Oppitz – Roteiro Canela Rural – Linha São João, Canela
Fone: 54 9919-3694   

 


Como boa mineira, gosto de tudo que leva queijo. Sempre que posso testo uma receite diferente. Desta vez, foi uma torta de ricota, que pode acompanhar uma boa xícara de café preto e que recebeu cobertura de geleia de figo, preparada por minha amiga Magda Correa.


Torta de ricota


2 ovos
½ xícara de leite
1 caixinha de creme de leite
1 caixinha de leite condensado
3 colheres (sopa) de farinha de trigo
500g de ricota
2 colheres (sopa) de manteiga

Como preparar

1. Pique a ricota em pedaços.
2. Coloque no liquidificador e junte os ovos, o leite, o creme de leite, o leite condensado, a farinha de trigo e a manteiga.
3. Bata até que fique homogêneo.
4. Derrame em uma forma, de 20cm x 20cm, untada e enfarinhada.
5. Leve ao forno preaquecido, a 200 graus, por cerca de 35min.
6. Deixe esfriar para desenformar.
7. Sirva gelada.



Dica da Bete


* A torta pode ser servida pura ou coberta com a geleia de sua preferência.