Os cardápios dos dois jantares magnos do Mesa ao Vivo RS


São chefs de diferentes locais com diversas culturas e ingredientes que, unidos, prepararam cardápios especiais para os jantares magnos do Mesa ao Vivo RS, promovido pela revista Prazeres da Mesa e Senac RS.



Primeiro jantar


No Beta Food, a ideia era de um Lounge Dinner, harmonizado com cervejas.



O início foi com uma colher de beterrabas, lulas e labneh (coalhada seca) da chef Arika Messa. Harmonizada com a cerveja Portoalegrense Helles.




A segunda entrada, croquete de leitão recheada com camarão, maionese de abacate e queijo serrano em envelope de pele de cebola, do chef Floriano Spiess. A harmonização recomendada foi com a Babel Cornucopia.



O primeiro prato principal foi preparado pelo chef Thomas Troisgros: palmito azedo com manteiga de tucupi e queijo tulha, harmonizado com Hunsrück Bock.



O segundo prato, pirarucu, ervas e cogumelos, do chef Felipe Schaedler, harmonizado com Heilige Porter.



O terceiro prato, raviolone de costela defumado, molho de nata fresca e linguiça artesanal, do chef Carlos Kristensen. A harmonização foi com Seasons Wallace.



A primeira sobremesa, da chef Neka Menna Barreto, foi cuscuz de chia com manga e cumaru, harmonizada com Mooca Weiss.



A segunda sobremesa, bergamota e macaron de coco, da chef Andrea Schein, harmonizada  com Sagrada Wit.

Segundo jantar


No PPKB Kitchen & Bar, harmonizado com espumantes e vinhos brasileiros



A primeira entrada foi um tartar de carne crua, beterraba, picles de salsão e queijo pecorino, do chef Carlos Bertolazzi, harmonizado com espumante Aurora Pinot Noir.



A segunda entrada, fatias de pernil adobado e salada de batatas com ervas, do chef Checo Gon zales, harmonizado com espumante Peterlongo Presence Brut.



Terceira entrada, sururu ao leite de coco com farofa de manteiga de garrafa, do chef Wanderson Medeiros. O prato me levou de volta ao Nordeste, onde morei. Harmonizado com espumante Aurora Pinot Noir.



O primeiro prato principal foi com batatas defumadas, salsinha, cogumelos e nirá, do chef Vico Crocco, harmonizado com Pizzato Chardonnay.



O segundo prato, atum de sol com farofa de shissô, mousseline de inhame com queijo coalho, nori e brotos de coentro, preparado pelo chef André Saburó, harmonizado com Dal Pizzol Pinot Noir.



 O terceiro prato, costela desossada de porco gris caramelizada com mostarda de crem, farofa de banana e urtigão cotto, elaborado pelo chef Rodrigo Bellora, do restaurante Vale Rústico. A harmonização foi com Lídio Carrero Elos Touriga Nacional Tannat.



A sobremesa foi um delicioso bolo de coco gelado com compota de frutas frescas e especiarias, preparado pela chef Carole Crema, harmonizado com espumante Moscatel Garibaldi.




0 comentários:

Postar um comentário