Vale a pena provar as delícias do Festival de Gastronomia de Gramado

O cardápio preparado pelo chef Alexandre Baggio no Festim da Cantina Pastasciutta não poderia ser mais perfeito para combinar com a proposta de uma das mais tradicionais casas de Gramado. O jantar fez parte de uma extensa programação do 8º Festival de Cultura e Gastronomia da cidade serrana.




 O menu começou com um antipasti típico italiano: queijos, embutidos, prosciutto, pães italianos, patê e caponata. Servido com o espumante Casa Seganfredo Brut Branca, de Gramado.



Em seguida, foram servidos um caldinho quente e brusquetas.



A salada de brotos com flores, queijo colonial crocante, passas de morango, crisps de copa e vinagrete de bergamota deu a sequência ao serviço.




O primeiro prato, valorizou os ingredientes típicos do terroir gramadense: nhoque de batata doce com truta defumada, cogumelos locais e pesto de rúcula, harmonizado com o vinho branco Aracuri Chardonnay, dos Campos de Cima da Serra.



Filé mignon recheado com queijo Brie e figada, coberto com crosta de pinhão ao molho Merlot e mini legumes orgânicos confitados foi o prato principal, harmonizado com o vinho Alto das Figueiras Merlot, da Bodega Czarnobay, de Encruzilhada do Sul.



Para encerrar, esfera de chocolate com sorvete de baunilha coberto com calda quente de vinho tinto e frutas vermelhas com pralinê crocante. A calda quente foi derramada sobre a esfera, revelando o sorvete em seu interior. A sobremesa foi servida com Limoncello (licor de limão siciliano).



O festival continua até o próximo dia 16. Tem atividades e aulas demonstrativas  de gastronomia. E ainda barraquinhas na rua com pratos preparados criados por diferentes restaurantes e com preços especiais. E os festins, com chefs convidados. O próximo festins será no dia 15, às 20h, no restaurante Nonno Mio, com a chef Manu Buffara comandando a cozinha.




0 comentários:

Postar um comentário