Falafel, um bolinho de grão-de-bico perfeito para aperitivar



Esses bolinhos de grão-de-bico são um aperitivo perfeito para acompanhar  cervejas, vinhos brancos e espumantes, todos bem gelados . Populares no Líbano, Síria, Israel, Egito, Turquia e Jordânia, conquistaram os frequentadores de restaurantes de cozinha árabe e tiveram sua receita incorporada à mesa brasileira. O falafel pode ser servido apenas com fatias de limão ou com molho de tahine.




Falafel


2 xícaras de grão de bico
½ cebola picada
2 dentes de alho picados
½ xícara de salsa picada
½ xícara de coentro picado
1 colher (sopa) de cominho em pó
½ colher (sopa) de sal
½ colher (chá) de pimenta-do-reino
4 colheres (sopa) de azeite de oliva
2 colheres (sopa) de suco de limão
3 colheres (sopa) de farinha de trigo



Molho

1 xícara de tahine
½ xícara de folhas de hortelã
suco de 1 limão
3 colheres (sopa) de azeite de oliva
2 colheres (sopa) de água
sal

Como preparar

1. Para o falafel, ponha o grão-de-bico de molho em água fria por cerca de 12h.
2.  Escorra a água e coloque o grão-de-bico no processador.
3. Junte o alho, a cebola, o suco de limão, as folhas de coentro e de salsa, o sal, o cominho, a pimenta-do-reino e o azeite de oliva.
4. Bata até formar uma pasta.
5. Retire e junte a farinha de trigo.
6. Modele bolinhos achatados.
7. Disponha em frigideira antiaderente, aquecida, com apenas fios de azeite de oliva.
8. Assim que estiver dourado de um lado, vire e deixe dourar do outro.
9. Para o molho, bata no processador ou no liquidificador a hortelã, o tahine, o sal, o suco de limão, o azeite de oliva e a água até que fique uma mistura homogênea.

Dicas da Bete



* O tahine é uma pasta de gergelim.

* Só se tiver um liquidificador potente, pode substituir o processador. Por o grão-de-bico ser cru, é muito duro.

* O falafel também pode ser frito por imersão em óleo quente ou assado, mas pessoalmente prefiro assim na frigideira.





0 comentários:

Postar um comentário