Jantar lembra as delícias do Sítio do Pica-Pau Amarelo, de Monteiro Lobato

As delícias preparadas por Tia Anastácia para os personagens do Sítio do Pica-Pau Amarelo, de Monteiro Lobato, despertaram o apetite de crianças e adultos leitores do escritor brasileiro. Esses pratos servidos na fazenda de Dona Benta e que rechearam a obra do autor paulista serviram de inspiração para o jantar preparado pela chef Elisa Prena, do Bistrô ChicaFundó, como parte do projeto Da Estante à Mesa: Literatura e Gastronomia, criado pela jornalista Bete Duarte, para o Instituto Ling.



Os famosos bolinhos da Tia Anastácia, que conquistaram até o Minotauro, quando a turma do sítio fez a viagem ao céu, foram representados por bolinhos de bacalhau.



O milho, cujo sabugo deu vida ao Visconde de Sabugosa, esteve presente nas torradinhas de bolo de milho servidas por patê de fígado.



A entrada foi um delicado creme de milho com puxadinho de pinhão, linguicinha e funcho, harmonizado com o espumante brasileiro Lídio Carraro.



A chefe Elisa não poderia ter escolhido um prato principal mais representativo da comida da roça:



Nhoque de batata doce com ragu de rabada. A harmonização ficou por conta do tinto argentino Las Moras Malbec.



A hora da sobremesa lembrou a mesa farta das refeições do Sítio: um trio de gostosuras. A começar pela delícia de coco.



O cremoso de leite conquistou paladares e corações



E a nuvem de goiabada, servida quente e com um delicado creme de queijo frio. Doces harmonizados com o vinho de sobremesa português José Maria da Fonseca Alambre.



Para encerrar broinhas de milho recém tiradas do forno, acompanhadas de um delicioso café coado. Certamente, Narizinho, Pedrinho, Emília, Dona Benta, Tia Anastácia, Visconde de Sabugosa e Rabicó iriam adorar as delícias desse jantar.  

Dica da Bete


O próximo jantar do projeto Da Estante à Mesa, no Instituto Ling, será no dia 30 de junho e tem como tema Dom Quixote, de Cervantes, e será preparado pelo chef Luciano Lunkes. 






  

0 comentários:

Postar um comentário