Receitas saborosas de mães e avós no segundo dia do Mesa ao Vivo RS

Não há melhores lembranças gastronômicas do que as das comidinhas preparadas pelas mães ou avós. Os chefs que participaram do segundo dia do Mesa ao Vivo Rio Grande do Sul, promovido pela revista Prazeres da Mesa e Senac, modernizaram esses pratos e apresentaram suas versões ao público participante.  A primeira aula do dia coube ao chef português Vitor Sobral



O tema escolhido por Sobral foi a história do feijão, e o prato foi feijoada da terra, uma receita tradicional portuguesa, com feijão carioca, repolho, cenoura, aspargos e um toque especial de hortelã picada.



Eduardo Natalício trouxe um bolinho de costela suína com abacaxi e catupiry



Esse petisco fará parte da nova casa de Natalício, que será especializada em pratos à base carne de porco



Maurício Olmi escolheu uma receita bem italiana




Tortellini de miúdos com moranga caramelizada, patê de fígado e manteiga de sálvia



Para adoçar o público, Andrea Schein ensinou o preparo da torta da vó Lourdes, com coco e doce de ovos.



Uma torta molhadinha daquelas que dá vontade de repetir, repetir e repetir



Para fechar a noite, Claude Troisgros apresentou duas receitas de família: nhoque com molho de tomate e salmão com azedinha



O batista, parceiro de mais de 20 anos de Claude, dividiu o palco com o chef



Nos melhores da cidade, um vinagrete de língua de cordeiro chamou a atenção



Foi um dia de muitas delícias. E, agora, é esperar o ano que vem.



0 comentários:

Postar um comentário